home Fóruns tortura psicotronica e gangstalking no brasil

Visualizando 3 posts - 31 até 33 (de 33 do total)
  • Autor
    Posts
  • AvatarRony
    Número de postagens: 4

    TORTURA PSICOTRONICA OU PSICO-ELETRONICA E A VIOLAÇÃO DA INTIMIDADE, PRATICADOS POR MEIOS ELETRÔNICOS(TECNOLOGIA)

    Prezado Senhores,

    Levo ao conhecimento de todos, atuação Criminosa, praticada por pessoas ainda não identificadas, que integram uma organização criminosa, composta em grupos ou participando sozinhos(separados, individual), compondo o esquema, com envolvimento de funcionários e Servidores públicos do tribunal de justiça do Fórum da Comarca da Cidade de Assis SP, com outros órgãos Públicos também envolvidos nesse esquema criminoso, coniventes com a ação criminosa desta organização, que por uso de um sistema(Aparelho/Maquina eletrônico) Dotadas de Hardware e Software, que através da emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio(vozes(fluxo de Frequência Auditiva de Forma Remota) transmitidas direto para vítima, que passa a ouvir o áudio, ou seja, a voz dos integrantes desta organização criminosa, passando a ter a Comunicação e interagindo com as Vitimas, praticados por meio de tecnologia com objetivo criminoso, Utilizando antenas de radiofrequência e de celular, conhecidos por nomes variados como: MK ULTRA, EEG Remoto, (Voice To Skull) (V2K)(“vozes direto no cérebro ou telepatia sintética”) através do córtex auditivo e com as mesmas finalidades, Usando-se de Agressão Psicológica constante, com ideais discriminatórios, desde o dia 13 de março de 2017 até o presente momento, estão aplicando e fazendo de Vítimas pessoas(Moradores) tanto da Cidade de Assis-SP, como de outras localidades do país que foram ou estão sendo vítimas deste mesmo tipo de crime, imposto contra a vontade das mesmas, causando-lhes dano Moral e lesão a sua saúde,(crianças, Adultos e idosos que são vítimas). Famílias inteiras, ou seja, Cidadãos que são torturados, sofrendo Agressão psicológica constante, vivendo sobe tortura, por tempo indeterminado.Descrevo o fato abaixo, Ensejando Responsabilidade dos Autores, requerendo que todos denunciem as Autoridades Competentes, publicar e expor os fatos para que todo sociedade tome ciência desse Crime.

    DATA DO FATO: 13 de Março de 2017
    LOCAL: Assis-São Paulo
    DESCRIÇÃO DOS FATOS:
    TORTURA PSICOLÓGICA E A VIOLAÇÃO DA INTIMIDADE, PRATICADOS POR MEIOS ELETRÔNICOS(TECNOLOGIA)

    Venho por meio desse documento denunciar e relatando supostas irregularidades observadas, cometidas por uso de Tecnologia com objetivos Criminosos. Praticadas por pessoas ainda não identificadas, que integram uma organização criminosa, que é formada por algumas pessoas, composta em grupos ou participando sozinhos(separados, individual), compondo o esquema, com envolvimento de funcionários e Servidores públicos do tribunal de justiça do Fórum da Comarca da Cidade de Assis SP, com outros órgãos Públicos também envolvidos(pessoas ligadas a área da saúde e da educação) nesse esquema criminoso, coniventes com a ação criminosa desta organização, que por uso de um sistema(Aparelho/Maquina eletrônico) Dotadas de Hardware e Software, que através da emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio(vozes(fluxo de Frequência Auditiva de Forma Remota) transmitidas direto para vítima, que passa a ouvir o áudio, ou seja, a voz dos integrantes desta organização criminosa, passando a ter a Comunicação e interagindo com as Vitimas, praticados por meio de tecnologia com objetivo Criminoso, Utilizando antenas de radiofrequência e de celular, conhecidos por nomes variados como: MK ULTRA, EEG Remoto, (Voice To Skull) (V2K)(“vozes direto no cérebro ou telepatia sintética”) através do córtex auditivo, gerando uma transmissão audível de voz, sons e falas ligadas remotamente a frequência de ondas cerebrais correspondentes ao córtex auditivo da vítima, que são codificadas, moduladas e amplificadas pelo sistema eletrônico/software para a “escuta” e com as mesmas finalidades, Usando-se de Agressão Psicológica constante, com ideais discriminatórios, estão aplicando e fazendo de Vítimas pessoas(Moradores) tanto da Cidade de Assis-SP, como de outras localidades do país, que foram ou estão sendo vítimas deste mesmo tipo de crime, imposto contra a vontade das mesmas, causando-lhes dano Moral e lesão a sua saúde, a fim de impor-lhes intenso sofrimento psicológico, causando-lhe dano Moral, constrangimento e lesão a sua saúde, Caracterizando crime de Tortura e de Violação da intimidade.

    Pois bem. Alegam as vitimas que passam a ser vitimas de de Assédio moral, Agressão Psicológica e perseguição constante(obsessiva), no seu Ambiente de Trabalho, em Suas Casas, na escola ou faculdade etc, constrangendo-as através de meios Eletrônicos(tecnologia), conhecidos também nesse meio como “Assédio Eletrônico”, pratica de “Gang Stalking” com “tortura psico-eletrônica”, pelo uso e produção da voz humana(vozes), frequências baixas de áudio(vozes) ou fluxo de Frequência Auditiva enviada para a vítima de forma Remota, por meios Eletrônicos, a fim de torturá-lo, ou seja, impor-lhe intenso sofrimento psicológico e/ou violar sua intimidade, praticadas por pessoas ainda não identificadas(integrantes), que atuam diretamente na prática deste crime e constatando também a participação e a conivência de servidores do próprio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em exercício no Fórum da Comarca do município de Assis sp, que se utilizarão desta prática para simular histórias e falsas acusações de forma teatral a repeito das vítimas, ou seja, pratica de “Gang Stalking”(perseguição por um grupo de pessoas integrantes) com “tortura psico-eletrônica” como exemplo: já sabendo que a vítima ouviria o áudio(voz) remotamente por meio do sistema eletrônico/software “ligado” a ela, iniciam a tortura psicológica, com ideais discriminatórios, com palavras(voz, falas e sons) denegrindo a honra e a imagem da vítimas, dizendo que a vítima “cometeu um crime”, ou que “iriam matá-la”, etc, debochando e tirando saro de sua vida privada constantemente, perseguindo e constrangendo-a, com atitudes de deboche, zombam da vítima, dizendo até que se a mesma denunciar para as Autoridades Competentes, eles(integrantes e envolvidos) “vão ganhar todas”, evidenciando que tal prática criminosa já vem fazendo vítimas por anos, não sendo portanto responsabilizados pelos atos que cometem, pois ganham vantagem sobre as vítimas, levando em consideração a falta de conhecimento da vítima e sua condição, e de que ela não teria meios de se defender (por exemplo – realizar Boletim de Ocorrência) e de provar a prática deste crime contra ela, pois a mesma passaria vergonha e humilhação, se assim o fizesse, sendo enganada e até considerada uma pessoa possuidora de um transtorno mental, ou seja, sendo rotulada como “louca”, “paranoica”, “esquizofrênica”, etc

    Com esse sistema emitindo Frequências baixas de áudio(voz) de Forma Remota, transmitidas direto para vítima, controlado por uma “Central”, ou seja, eles usam esse sistema(Aparelho/Maquina eletrônico) Dotadas de Hardware e Software que através da emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio de Forma Remota, transmitido direto para vítima, que passa a ouvir o áudio (a voz dos integrantes da organização criminosa) dessa “Central”(Local) que está vinculada a estes órgãos citados direto para a vítima em qualquer lugar que ela esteja, com uma distância entre os integrantes e a vítima não delimitada, podendo ser de 50 metros a 3KM ou mais de distância que a vítima fica ouvindo o áudio(voz) Remotamente, imposto contra sua vontade, variando à distância de acordo com a movimentação e lugares que a vítima frequenta, com um dos objetivos – causar distúrbios Psicológicos(Confusão mental na vítima, ficando desorientada) com a intenção de provocar e levá-la(induzi-la ao erro) a fim de prejudicá-la, pois usam de Agressão Psicológica constante, com ideais discriminatórios, ao mesmo tempo em que violam sua intimidade causando-lhe dano Moral, constrangimento e lesão a sua saúde, Injuriando e Difamando a vítima, causando inicialmente na vítima reação de pânico e medo, impondo-lhe intenso sofrimento psicológico e mental, decorrente da tortura psicológica imposta.
    Com envolvimento até de pessoas e membros de algumas igrejas da cidade, como Pastores e Fieis Evangélicos, que participam nesse esquema criminoso, com ideais de Imposição e Fanatismo Religioso, como forma de dominação, manipulação e poder, não levantando suspeitas perante a sociedade, dizendo que tal pessoa (no caso a vítima) cometeu algum crime, inventando acusações falsas e jogando a culpa na própria vítima, para esconder o crime praticado, porém a vítima não sabe disto, que está sendo enganada e manipulada por ato criminoso desta organização, tentando por exemplo, induzi-la e levá-la ao erro a fim de prejudicá-la, com envolvimento de funcionários e servidores públicos do tribunal de justiça do Fórum da Comarca da Cidade de Assis SP, no caso de erro judicial e dos mesmos serem coniventes e terem participação, se beneficiando da ação criminosa de terceiros(integrantes que atuam diretamente na prática da tortura, ou seja, tendo a função específica de tortura e perseguição dentro do esquema, sendo “contratados” para a prática da tortura e são avisados toda vez que houver uma nova pessoa escolhida a ser torturada, repassando informações da mesma para os integrantes(numa espécie de grupo de “extermínio”, encomendando a agressão psicológica da vítima, levando-a ao sofrimento, e em alguns casos a morte(suicídio) por meio da tortura psico-eletrônica) que se beneficiam não só por meio de propina mas por qualquer vantagem ou beneficio, mantendo assim a prática da tortura por anos, se utilizando da proteção e conivência de tais órgãos Públicos e igrejas(centros religiosos), para esconder e mascarar a atividade criminosa e ilícita). A vítima não tem conhecimento de atos praticados pelos mesmos contra ela e acaba virando vítima, a mando e sendo monitorada pelos mesmos servidores Públicos do Judiciário do Fórum da Comarca de Assis-SP e outros envolvidos, violando a sua intimidade, estudando e interferindo negativamente por meio da tortura em seu comportamento e em suas relações sociais, impondo-lhe intenso sofrimento psicológico, prejudicando assim a mesma, causando-a dano moral e lesão a sua saúde, virando uma espécie de “Cobaia Humana” de experiências desses integrantes, coniventes e por darem proteção junto a outros envolvidos na atuação criminosa desta organização, para que essa prática não seja descoberta e venha ser aplicada fazendo novas vítimas, tanto para violação da intimidade(espionagem eletrônica) como para tortura psicológica, que por uso deste sistema(Aparelho/Maquina eletrônico), que através da emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio(voz) de Forma Remota, transmitidas direto para vítima, que passa a ouvir o áudio, ou seja, a voz dos integrantes desta organização criminosa, além de captar a Comunicação das Vitimas, para assim obterem vantagem indevida e ilícita, valendo-se do próprio cargo público que ocupam, exercendo influência nos demais, para esconder o crime praticado, com desvios de comportamento, sendo antiético, imoral e abusivo, tendo como modo de vida essa prática criminosa culturalmente, pagando até propina para alguns participantes, como exemplo, dinheiro e até bens como carro e bolsa de estudos, para que aceitem e ou participem do crime praticado contra a vítima, agindo desta forma por anos, sem serem descobertos, alienando e manipulando.
    Essas pessoas envolvidas nesse esquema têm por função de ficar falando da vítima o tempo todo, debochando e tirando saro de sua vida privada, a vítima escolhida(indivíduo alvo) ouve todo o áudio(voz) da conversa destas pessoas falando com ela, por meio desse sistema que possibilita essa comunicação através da emissão de frequências Baixas de áudio(voz)(transmissão audível de voz, sons e falas ligadas remotamente a frequência de ondas cerebrais correspondentes ao córtex auditivo da vítima, que são codificadas, moduladas e amplificadas pelo sistema eletrônico/software para a “escuta”), que tem por objetivo o dano moral e psicológico. Caso a Vítima tenha conhecimento dessa prática de tortura Psicológica praticado por meio eletrônico, antes de ser Vítima, não daria certo a manipulação, pois ela não é enganada, não acreditando no que o áudio(voz) diz a ela, ou seja, não acreditando no que os integrantes desse esquema falam para ela, portanto não sendo controlada pela situação, mas fica sendo torturada pelo áudio(vozes), transmitida de forma Remota, ou seja, a voz dos integrantes dessa organização criminosa, falando com ela e dela para outros integrantes, que é imposto sem o seu consentimento ou sua vontade, praticando Bullying com a vítima, por tempo indeterminado, pois a vítima não sabe quem são estas pessoas e em qual local estão, sendo incomodada diariamente, atrapalhando e interferindo em sua vida privada, prejudicando assim as suas relações sociais, ou seja, impedindo seu pleno desenvolvimento pessoal e social.
    A Vítima tem sua comunicação de áudio(voz) captada, de Forma Remota, pois a mesma ao conversar, o áudio da voz dela sai nesse local de endereço (rua) desconhecido, situados dentro ou ao redor da cidade, podendo ser casa, órgão público, sala comercial, edifício, igrejas e casas próximas da casa da vítima que são usadas para isso, de onde esses “Moradores”, ocupantes da casa, se estabelecem em residências próximas da vítima, em ruas diferentes, no mesmo bairro ou em bairros próximos, sem levantar qualquer suspeita, com único objetivo(propósito) definido, fazer da pessoa escolhida a vítima da tortura psicológica, ouvindo toda a comunicação da(s) vítima(s), obtendo assim informações particulares, seja elas, pessoais ou de privacidade e usando de agressão psicológica para torturá-las.
    Obtendo informações de Comunicação(áudio/voz) da vítima de forma Remota, esses criminosos violam a intimidade da mesma, ou seja, começam a espionar a vítima, e se desejarem, se for o objetivo, passam a torturar a vítima, usando-se de Agressão Psicológica, começam a torturar e manipular a mesma, ao mesmo tempo em que ouvem e repetem as informações(áudio/voz) de comunicação obtidas da vítima o tempo todo, falando dela para os outros integrantes, numa espécie de narração dos atos e do comportamento da vítima, e de situações e acontecimentos a ela relacionados dentro de sua vida pessoal e íntima, expondo a intimidade da mesma, com atitudes de deboche e tirando saro, como se conhecessem a vítima, participando e interferindo em sua vida sem o seu consentimento ou sua vontade, a vítima ouve toda a Comunicação(áudio/voz) transmitida e imposto a ela, sendo perseguida e espionada o tempo todo, ou seja, perseguição obsessiva, chamado de “Stalking” ou “Gang Stalking” com a utilização de meios eletrônicos/Tecnologia, violando a sua intimidade diariamente, constrangendo-a, discriminando-a e humilhando-a, usando-se de Agressão Psicológica constante para torturá-la, a fim de impor-lhe intenso sofrimento psicológico em qualquer lugar que ela esteja, seja em sua casa, rua, trabalho etc, sofrendo Agressão psicológica constante em seu Ambiente de trabalho e no de estudo, através do Assédio moral, do Bullying e da discriminação, praticados por meio Eletrônico(Tecnologia de transmissão remota de frequência auditiva(voz)), abandonando assim o seu emprego(trabalho) e os estudos, pois a vítima entra em pânico, se desespera, não sabendo quem são estas pessoas e em qual local estão, causando confusão as faculdades mentais normais da vítima, virando refém dessas pessoas, pois é “Aprisionada” nesse sistema de tortura, por tempo indeterminado, sofrendo agressão psicológica diariamente, causando sofrimento a vítima, violando os direitos humanos, constituindo uma afronta a sua dignidade, por estas razões viola o direito do cidadão de sua integridade psicológica e mental, de sua liberdade, de sua intimidade, de sua convivência social pacifica, e seu direito a vida com dignidade humana. A Vítima acha que está com alguma doença por ouvi esse áudio da voz desses criminosos falando com ela e dela para outros integrantes, que é imposto sem o seu consentimento ou sua vontade (numa espécie de comportamento animalesco, agindo de forma teatral, com simulação de histórias e/ou falsas acusações, apresentando psicopatias, com desvios de comportamento, sendo antiético, imoral e abusivo, tendo como modo de vida essa prática criminosa culturalmente), desse esquema criminoso diariamente, revezando entre eles as funções, pois a vítima também é torturada todas as noites, por tempo indeterminado, impedindo seu descanso natural, causando assim danos a sua saúde, gastando seu tempo até com exames médicos e medicações de uso controlado desnecessário, pois a vítima é enganada e manipulada o tempo todo e não sabe quem são estas pessoas e em qual local estão, participam sozinhos(separadamente em locais diferentes(casas, etc) fazendo uma vítima, ou em grupos, sendo dois a três grupos compondo o esquema, cada grupo é composto de duas a três mulheres(maioria) e um homem, ainda não identificados, podendo todos vitimar uma única pessoa ou cada grupo fazendo uma vítima, agindo dentro da comunidade, sem levantar qualquer suspeita, atuando diariamente, com integrantes que participam no período do dia e outros no período da noite, com suas “próprias leis e regras”, com o mesmo padrão de crime utilizado em todas as vítimas, com o mesmo objetivo e finalidade, tendo como modo de vida essa prática da tortura psicológica por anos, com participação e envolvimento de Servidores públicos, Integrantes e Membros de Igrejas Evangélicas, e em alguns casos tendo até como integrante e participante desta organização, um familiar da vítima que participa e aceita fazer isso com ela, seja ele filho, irmão, primo, pais etc, por questões religiosas, para impor, manipular e até mesmo torturar a vítima se for o caso, impondo medo e sofrimento, coagindo-a, prejudicando assim a sua vida privada e suas relações sociais, formando assim a estrutura criminosa desta organização. Com Agressão Psicológica constante e praticas de Bullying, esses envolvidos nessa organização também falam mal, debocham e tiram saro da vítima para terceiros, já com a intenção de fazê-la vítima deste sistema de tortura psicológica, pois começão a difamá-la até mesmo antes de praticarem a tortura, divulgando no meio social em geral, falsas histórias e acusações, por exemplo, que a vítima é agressiva, nervosa, sem hábitos de higiene e de limpeza uma pessoa porca ou que ela cometeu algum crime, e que é usuária de drogas ou alcoólatra, sem o conhecimento da vítima, difamando-a, passando assim uma imagem negativa da vítima, inserindo dados falsos sobre as vítimas em sistemas de informação de computação de órgãos públicos, sem o conhecimento das mesmas. Dizendo que a vítima possui problema mental, até de fator Hereditário, para não se levantar suspeita desse crime, fazendo também de vítimas, membros de sua família, e também que a vítima é usuária de drogas, sendo que a vítima nunca se envolveu com drogas ou possuindo qualquer problema mental, para assim obterem vantagem indevida e apropriação ilícita as custas da vítima sem o seu conhecimento. E em outros casos, dizem que a vítima teve um “Surto Psicótico” ou está tendo contato com alguma “entidade(espírito) maligno” de cunho religioso, e contato com “seres Extraterrestres” ou que foi feito algum tipo de “Macumba” para a Vítima, para que não descubram a prática do crime feita por esta organização contra a vítima, para assim terem o controle da situação e manipular a vítima através do áudio(a voz dos integrantes dessa organização criminosa), pois tentam controlar e limitar as ações da vítima através da manipulação, da opressão, da tortura e do medo, enganando não só a vítima mas toda uma sociedade a acreditar que se trata de seres, entidades, demônios ou que a vítima teve um “Surto Psicótico” ou uma “paranoia”, ou pelo fato de se ouvir o áudio(voz) possa se confundir com alguma doença existente na medicina, tendo como objetivos principais – enganar a vítima tanto pelo lado psiquiátrico, como possuidora de um transtorno mental, passando uma imagem negativa da vítima, sendo vista até como doente mental, ficando anos após anos torturando a vítima, para que confundam a agressão psicológica imposta a ela ao longo do tempo como doença mental, escondendo assim o real motivo que é de ordem criminal de Segurança Pública, pelo simples fato de a ver pessoas integrantes, ainda não identificadas, de um esquema criminoso, praticando crime de Tortura (Usando-se de Agressão Psicológica constante) para com a vítima, a fim de impor-lhe intenso sofrimento psicológico, por meios eletrônicos, emitindo Frequência Auditiva(voz) de Forma Remota direto para vítima, pelo lado criminal, tentando motivar a vítima a cometer um crime, que vai depender do comportamento(moral) de cada pessoa vitima e o (ou) grau de manipulação que ela é submetida ou principalmente a imposição de agressão psicológica, causando intenso sofrimento mental com indução e motivação ao Suicídio, todos feitos através do controle, da manipulação e da tortura psicológica para com a vítima, pela emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio(vozes(fluxo de Frequência Auditiva de Forma Remota) transmitidas direto para vítima, que passa a ouvir o áudio, ou seja, a voz dos integrantes desta organização criminosa, fazendo a Vítima passar vergonha e humilhação perante a população e familiares, tirando sua autonomia, ferindo assim a sua imagem e honra, não dando chance de defesa para a vítima, pois não consegue se defender das agressões imposta a ela, tornando esse crime impune e injustiçando a vítima.
    Esse esquema criminoso que além de ser composto por pessoas que por um lado tem a função de torturar a vítima, usando-se de tortura psicológica, pois ficam falando com ela e dela para outros integrantes, praticando Bullying com a vítima, difamando-a, a Vítima ouvi toda a comunicação(áudio(vozes transmitidas para vítima de Forma Remota), imposta contra a sua vontade, não sabendo quem são estas pessoas e em qual local estão, e por outro tem o objetivo capaz de transmitir informações pessoais da vítima, ouvindo toda a comunicação das vítimas, sua intimidade, características da personalidade da vítima, local onde a vítima está, o que ela está fazendo ou falando e com quem está falando, numa espécie de “escuta” e que em posse dessas informações, podem usar para cometer diversos crimes, desafiando a Vítima e falando mal das Autoridades competentes com atitudes de deboche, dizendo que nunca serão descobertos.
    Nesse exato momento pessoas estão sendo vítimas deste crime e são coagidas a não denunciar. Não ouve ainda uma investigação a fim de se identificar esses integrantes, pois como relatado, se trata de um esquema estruturado, e que por uso de um sistema(Aparelho/Maquina eletrônico) Dotadas de Hardware e Software que através da emissão de Frequência Auditiva, emitindo Frequências baixas de áudio(vozes) de Forma Remota, transmitidas direto para vítima, que passa a ouvir o áudio(a voz dos integrantes desta organização criminosa,), e que está sendo usado e fazendo pessoas de vítimas, que tem sua privacidade exposta. Por se tratar de Crime com o uso de tecnologia, com o objetivo criminoso no sentido de espionar e causar tortura psicológica com voz intracraniana, com ideais de ódio e terrorismo, usando agressão psicológica, com ataques sistemáticos a integridade psicológica da vítima, ouvindo toda a comunicação(voz) das vítimas, para terem acesso aos seus dados pessoais e informações de privacidade, que é um dos objetivos, que em posse desses dados e informações de privacidade, podem usar para cometer diversos crimes, sendo principalmente a Tortura psicológica constante,(conhecida também nesse meio como tortura psico-eletrônica, pelo uso e produção da voz humana(vozes), frequências baixas de áudio(vozes) ou fluxo de Frequência Auditiva enviada para a vítima de forma Remota por meios Eletrônicos, a fim de torturá-la, ou seja, impor-lhe intenso sofrimento psicológico), Produzindo voz, sons ou falas, transmitidas remotamente para o cérebro de uma pessoa, através do córtex auditivo da mesma.
    O uso da voz intracraniana pode ser usada como uma forma de tortura psicológica, pois caso o operador deseje, pode gerar mensagens, ruídos, sons, que simulam delírios auditivos, parecidos com os da esquizofrenia. Se o operador desejar, pode produzir comandos de voz, falas, por “micro-ondas” ou EEG Remoto, simulando de forma teatral e se fazer passar por Deus, anjos, espíritos, demônios, Diabo, seres extraterrestres(“alienígenas”) ou qualquer outra coisa, manipulando, enganando e torturando a vítima, e cometendo crimes como – invasão e roubo a residência das vítimas, violência sexual devido a Manipulação, intimidação e coação das vítimas, impondo medo através da tortura, manipulando-as, forçando-as a agirem de acordo com suas vontades, para assim obterem vantagens, violação da Intimidade, invadindo sua privacidade a fim de denegrir a honra e a imagem da vítima ou para obter qualquer outra informação, como exemplo – a obtenção de informações bancárias das vítimas, pela captação de dados de comunicação de áudio(voz) das vítimas, de forma fraudulenta, desleal e ilícita para prática do estelionato e de outros crimes(todos feitos e obtidos através da espionagem eletrônica), fraude em concursos públicos e vestibulares.
    Tendo tomado conhecimento do mesmo tipo de crime, que vem sendo Praticado em todo o país, com o mesmo padrão de crime utilizado em todas as vítimas, com o mesmo objetivo e finalidade que por uso desse sistema que foi desenvolvido, e que está sendo usado e fazendo vítimas, tem por definição como uma “Arma contra o Cidadão”, conhecida nesse meio como “Arma Psico-eletrônica” ou “ciberarma”, caracterizando um sistema de tortura e espionagem eletrônica, na qual se invade a privacidade e destrói a dignidade humana, pois constitui um atentado à intimidade da vida privada, da honra e da imagem da pessoa, pela captação de dados de forma fraudulenta, desleal e ilícita, Causando danos não só pessoais a sua imagem e honra, como também danos psicológicos, usando de Agressão psicológica para torturá-las, podendo levar essas vítimas a desenvolverem doenças como a depressão e até levá-las a morte(suicídio), causado pelo sofrimento que a vítima passa, injustiçando-a, pois a mesma não possui provas suficientes capazes de demonstrar a atuação dos integrantes na Prática deste crime, pois como relatado, a vítima não tem conhecimento de quem possa ser estas pessoas e em qual local estão(Integrantes ainda não Identificados), pois se valem e se escondem atrás deste sistema eletrônico capaz de transmitir frequência auditiva áudio(voz) “Conectada” Remotamente a vítima, tendo o software, a função de rastrear e captar remotamente a frequência de ondas cerebrais correspondentes ao córtex auditivo do indivíduo alvo, que são codificadas, moduladas e amplificadas pelo sistema eletrônico/software para a “escuta”, ou seja, registrando e identificando como sendo de tal pessoa(no caso a vítima escolhida), gerando uma transmissão audível de voz, sons e falas, dando condição para que a vítima passe a ouvir o áudio(vozes), que é imposto contra sua vontade, possibilitando assim a tortura da mesma, dai por diante e feita a Comunicação e a interação remotamente com a(s) Vítima(s), “ligando” ela aos integrantes, podendo os Integrantes e envolvidos desta organização se comunicar e ouvir toda a comunicação das vítimas, em qualquer lugar que ela esteja, sem que ela saiba quem são e em qual local estão esses integrantes, com uma distância entre os integrantes e a vítima não delimitada, podendo ser de 50 metros a 3KM ou mais de distância que a vítima fica ouvindo o áudio(voz) Remotamente, imposto contra sua vontade, variando à distância de acordo com a movimentação e lugares que a vítima frequenta, tornando-a uma vítima individual da tortura psicológica, conhecida também como tortura psicotronica, e pelo fato desta Pratica criminosa ser pouco divulgada na sociedade, impedindo o conhecimento das pessoas, uma vez que sua utilização é sem o consentimento da vítima, constituindo assim uma agressão aos direitos individuais, como postula a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em seu artigo III “A pessoa tem direito à liberdade”, inclusive a liberdade de ter seus próprios pensamentos, que são íntimos, através da liberdade de consciência, de crença, da liberdade de opinião e de expressão do pensamento, que declara inviolável, como a de crença religiosa e de convicção filosófica ou política, etc, agindo por tanto na escuridão. Pedindo ajuda as Autoridades competente para que sejam tomadas providências cabíveis e investigações, a fim de se identificar e condenar os integrantes desta organização, levando o fato(noticia) a imprensa para que esse crime possa ser divulgado, fazendo com que outras tantas vítimas saibam e denunciem, livrando-as da opressão, da manipulação, da tortura e do medo, trazendo por tanto esse crime a luz da Justiça.

    O Objetivo desse documento é respeitosamente denunciar essas pessoas criminosas envolvidas na Prática do Crime de Tortura (Usando-se de Agressão Psicológica constante) e de Violação da intimidade, usando a tecnologia como meio, imposta contra a vontade das Vitimas, para impor-lhes intenso sofrimento psicológico e/ou violar sua intimidade, com ideais de Imposição e Fanatismo Religioso, como forma de dominação, manipulação e poder, praticas de Bullying, constrangimento e ideais discriminatórios, Perseguição obsessiva ou “Stalking”, crime de ódio e terrorismo, afetando assim a sua integridade psicológica e mental, nesse esquema criminoso e outras que são coniventes com a ação criminosa desta organização, agindo com ideologias fascista e nazista. Fatos esses que impressionam e que constituem crime hediondo.

    AvatarO torturador
    Número de postagens: 2462

    A perseguição de gangues é realmente o seu nome verdadeiro é assédio à contra-inteligência, essa organização cumpre o papel de polícia secreta, um pequeno estado à sombra do estado.
    É formado pelos militares das três armas (marinha, exército, força aérea) e pela polícia, formando o ABIN que tem a mesma função que qualquer serviço de inteligência.
    Agora, seu desempenho está fora da lógica, e eu investiguei desde que o escritor tenha mais de 20 guerras psicológicas com eles.
    Na verdade, eles escolhem suas vítimas com certos padrões com os quais lidam, primeiro é a vigilância e depois passam para a inteligência intrusiva que nada mais é do que o assédio organizado com o qual é conhecido.
    Em outras palavras, o objetivo entra em um programa secreto onde é monitorado por muitos anos, depois de ver suas fraquezas, eles se aproveitam para poder tirar proveito dele, usando um recurso proprietário das organizações da máfia: chantagem, coerção, tornar-se escravo de eles.
    Esses usam os objetivos como um perigo interno do país, não importa se você realmente não é, é a maneira mais fácil de justificar a existência da sua organização, tendo em vista o estado e os cidadãos.
    Outro objetivo é fortalecer a democracia e o apoio ou ajuda do cidadão em uma causa de segurança interna do país.
    Outro objetivo é a distração dos cidadãos em perigo no país.
    Este tópico dá muito o que falar, mencione o importante.
    Quem escreve que escapou de seu país (Peru) para ser seguro e não foi assim, minha luta continuará a desmascará-los dizendo a verdade desses seres imundos e falsos, eles são vendidos como pessoas decentes apontando para os outros como ruins quando, na verdade, é o oposto .
    Os agentes de inteligência têm medo de câmeras e gravações; portanto, você pode deixá-los muito parados, editar as fotos e fazer backup se eles realizarem uma operação de assalto ou destruição que os exponha para identificá-los.

    Saudações, boa sorte em sua luta.

    Avatarbionblood
    Número de postagens: 2462

    sofro com isso desde 2012,quando aparentemente fui abduzido,desde aquele momento pode terem sido arma psicotronica,pois fiquei paralisado ao ver a entidade e fiquem semanas abobalhado, confirmo tambem o teor sobrenatural,essas sincronias ou como os americanos chamam de teatro de rua,levaram a um teor mistico que beira a mais insana paranoia e manias,eu desenvolvi e absorvi algumas tecnicas para lutar contra isso,uma delas tratase do sonho lúcido,aqui fale ressaltar que existe uma intrução nos sonhos para programação,oq difere de um sincronismo natural.sabendo com que alvos irá interagir,o software prediz suas emoções para o dia seguinte,e os agentes são introduzidos no seu sonho,sim é como aquele filme do Leronardo di caprio,essa tecnica eu peguei de uma livro sobre gangstalk de um brasileiro que está disponivel na amazon,são dois volumes,então atraves de totem,ou de exclamação de identidade para os agentes no sonho vc  bloqueia a programação. a tortura tb ocorre ao vc despertar,induzido ao acordar com comentarios de passantes,ou o gas lighting que na republica da banania é usado como olha o gás,:/

    sobre leitura de pensamento,com algum treino magico vc consegue projetar um circulo e pensar num quadrado, ativando roteador wifi vc tb bloqqueia o espelhamento,uso de vpn :fuck:

    sou bionblood lá do forum antinom.

    estou disponivel para debater sobre B-)

Visualizando 3 posts - 31 até 33 (de 33 do total)
Responder a: tortura psicotronica e gangstalking no brasil
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...