home Fóruns Geral Tele Transporte – A realidade…

Visualizando 15 posts - 61 até 75 (de 131 do total)
  • Autor
    Posts
  • AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    É transporte em meio eletrolítico, algo como o interior de um capacitor. É a viagem de nanopartículas a distância de 0,1 mm. Por meio físico(um campo eletromagnético). A discussão aqui trata de teletransporte sem meio físico e no máximo por meio quântico.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    E na publicação original explica que na verdade é um modelo de propulsão.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Teletransporte quântico conforme já repetido anterirmente. Esse transporte ai da matéria ocorreu  em 4 de
    outubro de 2006, no Instituto Niels Bohr, em Copenhagen, Dinamarca. O Dr
    Eugene Polzik e sua equipe teletransportaram informações armazenadas em
    um raio laser, em uma nuvem de átomos. De acordo com Polzik: “é um
    passo adiante, pois pela primeira vez envolveu o teletransporte entre
    luz e matéria, dois objetos distintos. Um é o portador da informação e o
    outro é o meio de armazenamento” (CBC). A informação foi
    teletransportada por 0,5m.

    Transporte quântico depois disso aí ja ocorreu até 16 km.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Digo: da matéria não, de informações quânticas.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    É importante dizer que hoje todos os métodos de teletransportes quânticos existentes consistem em analisar toa a informação quântica da origem transmitir e remontar do outro lado, destruindo o original. Funciona como um fax símile. Esse é hoje o único método conhecido de transporte. Para se ter uma idéia seria necesário analisar 1028
    átomos e suas partículas para transmitir. Um único átomo de ferro envolveria no mínimo 234 partículas diferentes e numa recosntrução na mesma posição, ou teríamos atómos totalmente diferntes na outra ponta, e não de ferro. Ou mesmo ferro só que de natureza quântica modificada.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Não é o que eu entendo com isso não.

    Esta escrito bem claro que é um objeto macroscopico e decompor os atomos de um objeto e recompor em outro lugar.
    Eu acho que vc so parece que entende.
    AvatarHenrique
    Número de postagens: 90

    Não é o que eu entendo com isso não.

    Esta escrito bem claro que é um objeto macroscopico e decompor os atomos de um objeto e recompor em outro lugar.
    Eu acho que vc so parece que entende.

    Sibele, não perca tempo com a Any. Você já sabe que ela está errada.

    Any, se você compreendeu bem o por que abri este tópico, deve saber que não foi aberto para provar sua pseudo sabedoria e sim para que eu pudesse ter resposta dos usuários quanto a utilização do que foi descoberto. Uma utilidade visando o bem.
    Além do que Any eu disse em algum tópico aqui que existe um canal sim, e usei o termo “virtual” para descrevê-lo.
    Também não estou pedindo patrocínio de ninguém. Vou aumentar a distância sozinho depois do registro da patente.
    E os links da Sibele demonstram que, além de curiosa que ela é, o transporte de átomos foi realizado.
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Com todo respeito Sibele, creio que tanto você quanto Henrique não sabem o que significa objeto Macroscópio, não. Leia melhor esse aqui é a mesma experiência e bem mais detalhada:

    http://www.ogamita.com.br/virtual/txt_jornada.htm

    Obrigada pelo “parece que entende”

    E quanto ao Henrique. Quando você acha que estará patenteado o seu projeto pra o mundo poder ver. Lembrando que se você conseguir conforme descrito lá em cima, queira ou não você será considerado o gênio do século. E certamente ficará muito rico(mesmo não querendo). Falando nisso, o que exatamente você quer? Dinheiro? Reconhecimento? Ajuda humanitária?

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Quanto ao transporte de átomos, ninguem está duvidando disso, estamos questionando os meios de transporte(Que não são de matéria, leia o texto da dinamarca que verá) e o seu projeto.

    Esse é o questionamento.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Henrique, é bom que saiba; e todos aqui no fundo se perguntam; é que são mais de 100 anos de mecânica quântica formulando teorias até então quase todas impraticáveis para se poder transportar algumas poucas ártículas subatomicas. Logo, cara, se tu consegue fazer isso… Sei não. É uma coisa que te deixará eterno no mundo da ciência. Eu mesmo deverei ler livros seus. Por isso nós estamos impacientes que você efetue a patente rápido para alardearnos ao mundo. Imagine as mudanças incríveis.

    No aguardo…

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Para sibele um pouco mais de macroobjetos na mesma matéria dos dinamarqueses:

    http://oglobo.globo.com/ciencia/mat/2006/10/05/285982912.asp

    Lembrando que esse experimento é de 2006, recentemente já se transportou a 16 km, fótons e energia(convertida de matéria).

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    E lembrem-se bem, sobre o teletransporte:Nunca ocorreu um real teletransporte. O que
    ocorre eh um envio de informaçoes e posterior reconstrução na outra ponta com destruição da fonte original. O primeiro link da sibele mostra esse detalhamento, E como disse em 2006 eu já conhecia o estudo.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Um maior detalhamento sobre como funciona até hoje:
    Scaneamento-transporte de informações-destruição de origem-reconstrução no destino.

    Fisicamente só existe isso e nada mais, queira ou não.

    http://super.abril.com.br/tecnologia/se-teletransporte-existisse-626328.shtml
    http://serialcookies.wordpress.com/tag/teletransporte/
    http://abre-surdo.blogspot.com/2004/08/o-teletransporte-deixou-de-ser-fico.html
    http://ceticismo.net/2008/05/12/aparelho-de-teletransporte-estara-pronto-em-2010/
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=teletransporte-gato-schrodinger

    Todas elas de forma simples mostram como funciona hoje.

    Transporte de informações quânticas e montagem de destino com destruição de fontes.

    Tchau

    AvatarHenrique
    Número de postagens: 90

    Any, eu não serei considerado o gênio do século, serei considerado apenas aquela pessoa que viu que o teletransporte (de alguns metais, não todos, e eu nunca afirmei que posso realizá-lo com todos os metais, que isso fique bem claro) é mais fácil do que o teletransporte quântico (frisando mais uma vez, estou falando que é mais fácil com metais).

    No meio de transporte está o x da questão, existe sim um canal, mas não posso entregar o ouro para o bandido agora…
    Com relação a patente, acredito que o ano que vem esteja tudo pronto (burocracia, é muita papelada nesse caso).
    O que eu quero Any? Dinheiro com certeza vem, ninguém trabalha tanto e quase, literalmente, se mata de graça. Se o episódio que ocorreu comigo de interceptar a massa, por uma falha em um equipamento de segurança, ocorresse hoje (com quase 40) eu não sobreviveria.
    Reconhecimento? Vai haver, mas não é meu interesse. Gosto de paz, não de agito.
    Só não quero que seja utilizado para qualquer fim maléfico em guerras ou sei lá o quê que alguém possa pensar. Vou poder ter algum controle disso apenas enquanto durar a minha possibilidade de exploração, depois que ela expirar todos poderão fazer… e isso me preocupa.
    Preocuparia qualquer um. O pior é que depois que expirar a minha exploração, já estará com certeza bem mais evoluído… e como eu não sei o quanto poderá ser pior do que imagino agora.
    Uma dica, não dá para ir contra Einstein… foi por isso que para conseguir isso, mesmo que só com metais, eu não fui contra ele, eu pensei em outras coisas… nenhuma lei da física é quebrada, se eu fizesse isso, aí sim seria um gênio.
    Em uma coisa eu vou dizer que você está certa. Por que eu digo que consigo apenas com alguns metais? Simples… Porque com os outros metais o que eu obtenho no processo final não é o mesmo metal da origem.
    Outra coisa (vou falar por que não sei se você leu Any, estamos conversando civilizadamente), eu não envio a informação para a reestruturação durante o processo. É bem mais complexo fazer assim, então por ser apenas metal, eu envio previamente um arquivo com as informações, e não necessariamente tem de possuir a mesma forma, pode ser outra desde que compatível com a quantidade de massa. Mas o processo de reestruturação ainda é bem “arcaico”, o objeto fica meio rústico… É zilhões de vezes mais difícil reestruturar do que enviar os átomos.
    Todo o processo pode ser realizado sem um computador, menos a reestruturação.
    Eu tenho uma pergunta para te fazer Any.
    Você é curiosa, estudante ou formada? Eu gostei que você bateu de frente, preciso de pessoas assim para melhorar a reestruturação, eu não vou conseguir sozinho. (depois da patente, nem pense nisso antes)
    Caso não queira dizer isso aqui no fórum por algum motivo eu deixo um e-mail se preferir.
Visualizando 15 posts - 61 até 75 (de 131 do total)
Responder a: Tele Transporte – A realidade…
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...