home Fóruns Geral Rússia toma controle da Crimeia, na Ucrânia

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 26 do total)
  • Autor
    Posts
  • AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    A Rússia tomou o controle de bases militares ucranianas na Crimeia nesta quinta-feira (7), segundo o correspondente da revista Time na Ucrânia, Simon Shuster:


    Segundo Shuster, que cita a imprensa ucraniana, 15 caminhões russos saíram da frota russo do Mar Negro. O correspondente também afirmou que o porta-voz do Ministério da Defesa da Ucrânia confirmou a invasão de uma base da força aérea ucraniana em Sevastopol.

    Segundo guardas da fronteira, 30.000 soldados russos cercaram a península no sul da Ucrânia. Antes da crise, havia apenas 11.000 soldados russos na Crimeia por causa da frota marinha da Rússia no Mar Negro, que fica no porto de Sevastopol, capital da Crimeia.

    Apesar da denúncia, o presidente russo Vladimir Putin nega que as tropas são de Moscou. Putin rejeitou a advertência do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre a intervenção militar de Moscou na Crimeia, afirmando nesta sexta-feira que a Rússia não pode ignorar pedidos de ajuda de cidadãos de língua russa na Ucrânia.

    Mais cedo, o porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin, ridicularizou nesta sexta-feira (07) os pedidos por negociações entre Rússia e Ucrânia com mediação ocidental, dizendo que as ações dos países do Ocidente durante a crise na Ucrânia lhes custaram a credibilidade, informaram agências de notícias russas.

    O porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, também disse que a Rússia teme que possa haver perseguição étnica na Crimeia e no leste da Ucrânia se “aqueles que estão por trás do golpe em Kiev” chegarem a essas regiões, disseram os relatos das agências.

    Perkov disse ainda que apesar do “profundo desacordo” com o Ocidente sobre a Ucrânia, o governo da Rússia espera que seja alcançado algum consenso para evitar uma nova Guerra Fria.

    “Ainda há esperanças… que alguns pontos de acordo possam ser encontrados como resultado do diálogo, o que nossos parceiros, graças a Deus, ainda não rejeitaram”, disse o porta-voz Dmitry Peskov, segundo divulgou a agência estatal RIA.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    pipocando no twitter…

    parece que invadiram uma base militar…

    [band]

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Jornalista da reuters confirmando:

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Essas tropas não são das Forças Armadas da Rússia

    São “rebeldes separatistas da Criméia”, que recebem armas dos russos.

    Assim como os “rebeldes” da Síria recebem armas dos EUA.

    Ou seja, os EUA não tem nenhuma moral para criticar o apoio armamentístico dado pela Rússia a esses rebeldes.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Ucrânia diz que tropas russas na Crimeia dobraram para 30 mil
    A Rússia tem atualmente 30 mil militares na região ucraniana da Crimeia, quase o dobro do número divulgado pelo governo de Kiev no início da semana, disseram guardas de fronteira da Ucrânia nesta sexta-feira, 7.
    Serhiy Astakhov, assessor do chefe do serviço de guardas da fronteira, disse à Reuters que o número é uma estimativa que inclui as tropas que chegaram na semana passada e os militares da frota russa no mar Negro, que têm base permanente no porto de Sebastopol.
    Tropas militares que ocuparam a península da Crimeia na semana passada não possuem insígnias em seus uniformes, mas dirigem veículos com placas militares russas. Moscou afirma que as únicas tropas que possui na região são aquelas como base no porto de Sebastopol.
    A Ucrânia diz que milhares de tropas extras chegaram e foram espalhadas pela península ocupada, violando o tratado que regulamenta a base militar. O governo ucraniano havia informado nesta semana que 16 mil militares russos estavam na Crimeia.
    Em comunicado nesta sexta-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, disse que o novo governo de Kiev impôs “decisões absolutamente ilegítimas para as regiões leste, sudeste e a Crimeia” e que Moscou “não pode ignorar pedidos por ajuda neste tema, agindo de acordo e cumprindo totalmente a legislação internacional.”
    ==================================================================================
    Fonte: 
    Não se trata de crítica, se trata de um conflito anunciado que pode desencadear algo muito maior, já que envolve duas forças rivais a mais de 50 anos.
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Russos tomam posto militar na Ucrânia, dizem testemunhas

    Homens armados que acredita-se serem russos invadiram com um caminhão um posto de defesa de mísseis da Ucrânia na região da Crimeia nesta sexta-feira (7) e assumiram o controle sem que nenhum tiro fosse disparado, disse um repórter da agência de notícias Reuters no local.
    Relatos iniciais apontam que o caminhão destruiu os portões e que o posto na cidade de Sebastopol estava sendo atacado, mas o repórter não pôde ver nenhum sinal de danos ao portão.
    Vladislav Seleznyok, uma autoridade militar ucraniana, disse por telefone que os homens armados tomaram o controle da base sem que nenhum tiro fosse disparado e que ninguém estava ferido.
    Outra autoridade ucraniana disse à Reuters no local que estava agora mediando entre as forças ucranianas e o grupo armado e que nenhuma arma havia sido capturada.
    Nova Guerra Fria?
    A Rússia não quer uma nova Guerra Fria, afirmou o porta-voz do presidente russo nesta sexta-feira, enquanto as tensões envolvendo a participação do país na crise na Ucrânia aumentam.
    Dmitry Peskov foi perguntado durante um programa televisivo se ele via um retorno à polarização ideológica que marcou o mundo entre 1945 e 1989.
    ‘Eu não gostaria disso’, disse. ‘Não acho que é caso. Acredito que isso não começou, e gostaria de acreditar que não vai começar’.
    ‘Apesar de existirem profundas diferenças entre a Rússia, os países europeus e os Estados Unidos, existe a esperança de que, através do diálogo, nós possamos chegar a pontos de acordo’, acrescentou.
    As afirmações de Peskov ocorrem depois do Congresso russo apoiar a iniciativa dos parlamentares da Crimeia de promover a unificação da região com a Rússia.
    Os comentários também vieram depois da empresa pública russa Gazprom ameaçar interromper o fornecimento de gás para a Ucrânia, por falta de pagamento.
    O Ocidente apoia o novo governo ucraniano, instalado depois da derrubada do presidente Viktor Yanukovytch, que apoiado pela Rússia. Os países ocidentais estudam adotar sanções contra a Rússia, criando a maior tensão entre as duas partes desde a Guerra Fria.
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Impressionante a manipulação que a mídia faz com a palavra “russos”.

    Querem dar a entender que os “russos” que tomaram as bases militares são homens das Forças Armadas da Rússia.

    Querem confundir a cabeça das pessoas, já que a maioria do público não entende bem a situação da Criméia, e não entende que a Criméia é uma região onde 60% da população residente são pessoas nascidas na Rússia antes do fim da União Soviética em 1991, ou descendentes de pessoas nascidas na Rússia e que falam o idioma russo.

    Os “russos” que estão tomando as bases militares são MORADORES DA CRIMÉIA, e não militares das Forças Armadas da Rússia. São moradores da Criméia que falam o idioma russo, e que se consideram de etnia russa, por isso querem que a Criméia se separe da Ucrânia.

    A mídia manipuladora coloca nas suas manchetes a palavra “russos” de forma ambígua, tentando dar a entender que são tropas das Forças Armadas da Rússia, como se o Putin tivesse ordenado a invasão do território ucraniano, o que simplesmente não aconteceu.

    AvatarAzrael
    Número de postagens: 175
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Muito bons esses videos @Azrael. 

    Quanto ao que o ‘haja manipulação‘ falou, tem rasão, os soldados estão sem insignia. Mas o próprio Puttin admite que são tropas que defendem os interesses russos. Ou seja, pouco importa se eles nasceram na Ucrânia, o que interessa é que eles representam os russos.

    Por enquanto uma guerra de pressão psicológica, quase ‘uma guerra de gentlemans’. Mas não deixa de remeter ao fantasma da guerra fria.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Outra coisa interessante citada pelo ‘haja manipulação‘ é que de fato a região da Crimeia é de maioria russa, de fato (no mapa abaixo é onde tá 91%):

    O governo russo diz defender os direitos desses cidadãos, que visivelmente no video apoiam o governo russo. Tanto que o parlamento da Crimeia apóia que essa região deixe de fazer parte da Ucrânia e seja russa.

    Porém como o mesmo ainda disse, é uma situação bem mais complexa historicamente, palco de disputas muito antigas, mas essencialmente sempre por motivos geográficos e morais.

    Resta nos atentar a quais as reais intenções de ambos os lados, se os russos querem mesmo tomar a região, ms principalmente se a união europeia (+ resto da ucrania, eua) irão largar o osso.
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    A Criméia era parte da Rússia até a década de 1950.

    Como a Rússia e a Ucrânia nesta época faziam parte de um mesmo país, a União Soviética, o governo soviético decidiu entregar o controle administrativo da Criméia para a República Socialista Soviética da Ucrânia (que era integrante da União Soviética).

    Depois do fim da União Soviética, quando Rússia e Ucrânia se separaram totalmente, e deixarem de fazer parte de um mesmo Estado nacional, a Criméia ficou com a Ucrânia.

    Porém, a maioria da população da Criméia fala o idioma russo, e se considera de etnia russa.

    As tropas separatistas da Criméia não “atendem aos interesses russos”, elas atendem aos interesses da maioria da população da Criméia, que quer se separar da Ucrânia, principalmente agora que o governo ucraniano em Kiev foi tomado de assalto por um bando de fascistas de extrema-direita, que depuseram de forma violenta, inclusive com o uso de armas, o presidente constitucionalmente eleito.

    Se as tropas separatistas formadas por moradores de idioma russo na Criméia estão fortemente armadas, é óbvio que devem estar recebendo armas de Moscou.

    Mas qual a moral que os americanos tem para criticar isso, já que vivem fornecendo armas para rebeldes na Síria e em outros países?

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    O título desta thread está totalmente errado.

    Ao invés de “Rússia toma controle da Crimeia, na Ucrânia”, o título deveria ser:

    “Cidadãos da Criméia de etnia russa tomam controle da sua região, que não quer mais fazer parte da Ucrânia.”

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Ele vai ficar putin de raiva quando ver isso daí

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 26 do total)
Responder a: Rússia toma controle da Crimeia, na Ucrânia
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...