home Fóruns Judeus asquenazes se consideram brancos, e fazem parte da conspiração supremacista branca.

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 163 do total)
  • Autor
    Posts
  • Loki
    Número de postagens: 18515

    Vou explicar para vocês algo que confunde muita gente…

    A verdade é: as “elites globais” (que muitos chamam de Illuminati) são racistas, são supremacistas brancos.

    Isso confunde muita gente, pois logo vem a pergunta: “Mas como? Os banqueiros judeus não fazem parte dessa elite? Se eles são supremacistas brancos, eles não odeiam judeus?”

    A resposta é: depende do judeu.

    Os asquenazes são os judeus provenientes da Europa Central e Oriental, que se consideram BRANCOS. E o fato é: a “elite global” também os considera brancos.

    Os asquenazes constitutem a elite política e econômica de Israel. E os banqueiros judeus da Europa e Estados Unidos são todos asquenazes também.

    Vocês certamente já ouviram falar do Grupo de Bilderberg, um grupo que reúne todos os anos em hotéis de luxo, cercados de seguranças, com a entrada da imprensa sendo terminantemente proibida. Isso não é nenhuma “conspiração”. Essas reuniões, para as quais são convidadas pessoas de destaque do mundo político e do mundo empresarial, incluindo os presidentes das grandes corporações multinacionais e altos oficiais do governo dos Estados Unidos, são algo de conhecimento público, embora ninguém sabe o que acontece lá dentro. O jornal britânico The Guardian já noticiou vários desses encontros, e inclusive um repórter do The Guardian chegou a ser preso em uma ocasião por insistir em tirar fotos das pessoas que chegavam para a reunião do Grupo de Bilderberg.

    Pois bem. Se vocês analisarem a lista histórica de convidados para as reuniões do Grupo de Bilderberg, vocês podem claramente ver que apenas BRANCOS, dos Estados Unidos e Europa, são convidados.

    O homem mais rico do mundo, Carlos Slim, nunca foi convidado. Porque ele é mexicano. Nenhum latino jamais foi convidado.

    Os sheiks bilhonários dos reinos árabes produtores de petróleo nunca foram convidados. Porque eles são árabes. Árabe não é branco, na opinião deles.

    Nenhum grande empresário do Japão, Coréia do Sul ou China jamais foi convidado. Porque eles são asiáticos, e não brancos.

    Mas uma coisa é certa: vários judeus asquenazes da Europa e Estados Unidos já foram convidados para reuniões do Grupo de Bilderberg.

    Os aquenazes se consideram brancos, e fazem parte da grande conspiração supremacista branca.

    Prova de que os asquenazes se consideram brancos foi a declaração polêmica de um ministro israelense (um judeu asquenaze) agora em maio de 2012, quando estavam havendo ataques racistas em Israel contra imigrantes africanos. O ministro disse que “eles não aceitam o fato de que Israel é terra de homem branco“.

    Esta declaração foi uma verdadeira confissão da visão de mundo dos asquenazes. Os asquenazes se consideram brancos, e são racistas contra os não-brancos.

    Outros grupos de judeus que não são considerados “suficientemente brancos” sofrem nas mãos dos asquenazes.

    Tomemos por exemplo, os sefarditas, judeus originários da Península Ibérica, que depois migraram para o Marrocos quando da sua expulsão pela Inquisição, e que também migraram para o Brasil, sendo antepassados de milhões de brasileiros, especialmente no Nordeste.

    Os sefarditas são vistos com uma “sub-raça” pelos asquenazes.

    Em Israel, os sefarditas são discriminados, e geralmente lhes são oferecidos os piores empregos, com as piores remunerações.

    Nos anos 50, o governo de Israel, composto por asquenazes, chegou ao cúmulo de utilizar crianças sefarditas como “cobaias vivas” para experimentos secretos com substâncias químicas e radioativas. Tudo isso foi documentado, e existem vídeos no YouTube sobre isso.

    Então, a verdade é que as “elites globais” (chamadas por alguns de Illuminati) são um grupo de supremacistas brancos, racistas, que inclui em seu seio os ricos banqueiros judeus asquenazes, que também se consideram brancos.

    A partir do momento em que você entender isso, tudo o que acontece no mundo vai começar a fazer muito mais sentido para você.

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Eu pergunto, esses ashkenazi são judeus verdadeiros ou falsos ?

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Ao curioso acima:

    Esses ashkenazi (asquenazes) não tem nada a ver com os hebreus / judeus que foram expulsos da Terra Santa pelos romanos no ano 70 D.C.

    São uns impostores brancos que surgiram na Europa em algum momento da Idade Média.

    Anônimo
    Número de postagens: 103
    Loki
    Número de postagens: 18515

    Ao curioso acima:

    Esses ashkenazi (asquenazes) não tem nada a ver com os hebreus / judeus que foram expulsos da Terra Santa pelos romanos no ano 70 D.C.

    São uns impostores brancos que surgiram na Europa em algum momento da Idade Média.

    _________________________

    Perfeito !

    Era isso que eu queria ler, porque é nisso que eu também acredito.

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Acho bom a gente esclarecer essas coisas porque algumas pessoas nesse forum estão dizendo que foram os judeus que fizeram todas as conspirações da história, que inventaram Jesus Cristo, que criaram o cristianismo, que comandam as religiões, etc …

    Primeiro, é bom a gente lembrar que no mundo existem alguns poucos, muito poucos mesmo, judeus descendentes dos primitivos judeus filhos de abraão e que, a grande maioria dos judeus que existem são Ashkenazi, provenientes da região do khazar na rússia. Eles não são judeus descendentes de abraão, são judeus convertidos que criaram o movimento sionista, criaram os illuminati, se envolveram com a maçonaria e comandam quase que a totalidade dos judeus no mundo e dominam praticamente tudo nesse mundo.

    Segundo, vale a pena dizer que os poucos judeus primitivos que ainda existem são contra a ocupação da palestina pelos judeus ashkenazi, eles são a favor dos palestinos na luta contra israel.

    Esses judeus primitivos não têm força para criar nenhum tipo de conspiração, pois são poucos e sem nenhuma influência no panorama mundial.

    Porém, falsos judeus e judeus mal intencionados  existem desde a época da antiga babilônia, quando começaram a se envolver com magias, feitiçarias e ocultismos e começaram a criar a cabala. A partir daí, os judeus se dividiram em duas partes, o grupo de judeus falsos, hipócritas e ocultistas e outro grupo de judeus que se mantinham na fé em Deus. Esses judeus ocultistas foram os grandes inspiradores dos judeus Ashkenazi.

    Portanto, existem judeus e judeus e nem todos são iguais.

     

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Já ouviu falar nos Samaritanos?

    Atualmente só existem cerca de 800 samaritanos no mundo, vivendo numa cidade de fronteira entre Israel a a Cisjordânica.

    Os samaritanos são os que NÃO foram levados para o cativeiro da Babilônia, e permaneceram em Canaã.

    Os samaritanos tem a própria religião deles, chamada Samaritanismo, que segue a “Torah samaritana”, que consiste basicamente apenas nos 5 livros do Pentateuco, e ainda assim com várias diferenças no texto em relação ao Pentateuco do “Judaísmo” atual.

    Os samaritanos dizem que os judeus que foram para a Babilônia, quando voltaram, várias décadas depois, estavam totalmente corrompidos pelo paganismo babilônico.

    O “samaritanismo” seria, portanto, o “verdadeiro judaísmo”, não corrompido pelo paganismo babilônico.

    Anônimo
    Número de postagens: 103

    AnonimoCovarde historiador disse: 


    ”Já ouviu falar nos Samaritanos? 

    Atualmente só existem cerca de 800 samaritanos no mundo, vivendo numa cidade de fronteira entre Israel a a Cisjordânica. 

    Os samaritanos são os que NÃO foram levados para o cativeiro da Babilônia, e permaneceram em Canaã. 

    Os samaritanos tem a própria religião deles, chamada Samaritanismo, que segue a “Torah samaritana”, que consiste basicamente apenas nos 5 livros do Pentateuco, e ainda assim com várias diferenças no texto em relação ao Pentateuco do “Judaísmo” atual. 

    Os samaritanos dizem que os judeus que foram para a Babilônia, quando voltaram, várias décadas depois, estavam totalmente corrompidos pelo paganismo babilônico. 

    O “samaritanismo” seria, portanto, o “verdadeiro judaísmo”, não corrompido pelo paganismo babilônico”. 

    alemdalenda: Cara, nunca tinha lido algo desse gênero. Sensacional! Ademais, é de ficarmos arrepiados!
    Loki
    Número de postagens: 18515

    Conspiradores

    Os judeus ao serem expulsos da palestina pelos romanos no ano 70 seguiram três caminhos, uma grande parte foi para a peninsula ibérica, outra para a Europa Oriental e outra para o oriente em busca das dez tribos perdidas que segundo a tradição estavam na Cachemira na India.
    Os judeus marranos ou sefarditas são os que foram para a peninsula ibérica e aproveitaram-se de que os Celtas eram acolhedores e os consideravam inimigos de Roma, porém estes judeus já estavam trabalhando para os Romanos e trairam aos que os acolheram.
    Os judeus que foram para a Europa Oriental encontraram na região da atual Polonia um império de bárbaros que os aceitaram. Os judeus sempre sonharam em ser brancos e altivos como os Romanos, cuja maioria era de pele bem clara e com cabelos loiro escuros, e ao perceberem que os Khazares, do império onde foram recebidos eram loiros, de pele bem clara, e com pouca cultura, programaram uma cruza racial, fazendo com que as mulheres judias fossem se casando com aqueles bárbaros e adquirindo para sua raça as características loiras e de pele alva, dando origem ao que hoje se chama de judeu ashkenazi. Em decorrência dessa cruza programada pelos sábios judeus, durante aproximadamente trezentos anos, destruiram o império Khazar.
    Segundo os judeus, somente é judeu o filho de judia, pois a linhagem entre eles é matriarcal, portanto os ashkenazis são sim judeus e se vangloriam de serem brancos, desprezando os judeus escuros, chamados marranos, sefardins ou sefarditas.
    Outra característica, os sefarditas em sua maioria são fundamentalistas e só aceitam a criação do estado de Israel com a vinda do Messias, enquanto em sua maioria os ashkenazis queriam a criação do estado de Israel de forma política.
    Todos os judeus, tanto sefarditas como ashkenazis fazem parte da internacional judaica, e desprezam os Goyns, ou seja os não judeus, traduzido na Bíblia como os gentios.
    Após terem declarado guerra à Alemanha, através das palavras de Baruch e de Chaim Weismann, seis anos antes da guerra, declarando guerra comercial total à Alemanha, Hiutler decidiu interná-los em campos de concentração, independente se eram sefarditas ou ashkenazi, pois, haviam se declarado inimigos da Alemanha e ninguém em sã consciencia vai manter inimigos soltos dentro de casa.
    Dos 350.000 judeus mortos nos campos de concentração (e não seis milhões como os judeus pregam para a obtenção de indenização) em sua maioria foram mortos nas brigas dos ashkenazis contra os sefarditas, ou então pela epidemia de tifo, dado a falta de higiene judaica, por somente tomarem banhos em dias rituais.
    O número de judeus escuros mortos pelos ashkenazis foi imenso, pois, os primeiros não eram dados à agressividade, enquanto os loiros eram agressivos, por serem menos focados nas leis talmudicas.
    Com a criação do sionismo em fins do século XIX em sua maioria os ashkenazis aderiram, enquanto uma minoria sefardita o fez.
     

    Anônimo
    Número de postagens: 103

    Sensacional! Com base em que esse argumento é válido? Por exemplo, isso é um artigo científico?

    Já ouvi especulações de que os sefardins não aceitavam a criação do Estado de Israel por intermédio político, e sim com a vinda do Messias, visto que eram extremamente fiéis às escrituras. Dessa forma, suas almas foram ceifadas. Isso é aterrorizante.
    Loki
    Número de postagens: 18515

    O “rodes” é o VERDADEIRO porco anti-semita.

    Não escutem o que esse NAZISTA tem a dizer.

    A propósito, Hitler era a vadia dos Sionistas Ashkenazi. Os nazistas alemães receberam dinheiro dos sionistas ashkenazi, os quais estavam dispostos a tudo para criar o estado de Israel, inclusive a financiar o Holocausto para forçar os judeus da Europa a fugirem para a Palestina.

    Nazista = Sionista = Filho da Puta

    Sou descendente de sefarditas, da pele morena, e quero que nazistas e sionistas tomem no olho do cu. Foda-se Israel, o estado racista criado pelos sionistas com a ajuda dos nazistas.

    ConspiradoR
    Número de postagens: 667

    A explicação dada pelo rodes é totalmente lógica e históricamente comprovada, basta seguir filmente as dicas dadas , principalmente sobre as 10  tribos perdidas da Cashemira e  sobre a international judaica, é bom ver que algumas pessoas se dão ao trabalho de pesquisar seriamente, ótima explicação, pautada por fatos da história ( não a história sionista, é claro ).

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Judeus Ashkenazi foram inspirados por judeus ocultistas e esotéricos.

    Hoje muitos dos Ashekenazi são ocultistas, esotéricos e maçons e estão trabalhando para a nova ordem mundial como os Rothschilds que emprestaram seu símbolo satânico, o hexagrama, para a maçonaria e para a bandeira sionista de israel.

    Aliás o hexagrama é também o selo satânico do rei salomão, o maior ocultista dos judeus e que é muitíssimo idolatrado na maçonaria. Basta ver que toda loja maçônica tem um portal com as duas colunas do templo de salomão.

    Maçonaria e judeus ocultistas andam sempre de mãos dadas, assim como maçonaria e líderes evangélicos. 

    Loki
    Número de postagens: 18515

    Caro Sefardita

    Leia a história de seu povo e veja como se portaram ao longo da história. Realmente ao serem expulsos e irem para a peninsula ibérica foram aceitos de forma cordial pelos celtas que estavam em luta contra Roma, porém, os judeus já estavam a serviço dos Romanos.
    Nos campos de concentração voces sefarditas foram vítimas dos ashkenazis, sendo que um grande numero de mortes foram feitas nessas brigas.
    Não sei qual a razão de voce me ligar a Hitler, já que este era também neto de uma judia e eu sou galego celta e nunca senti nenhuma inclinação de admiração pelos alemães, a quem considero os menos imaginativos dos europeus, além de serem inclinados a uma ditadura, enquanto que nós galegos não aceitamos nenhuma imposição e como celta nosso sentido de liberdade é extremamente arraigado, por isso somos contra tudo.
    Quanto a me chamar de porco, não o faça escondido, se quiser marcar um apontamento pode me dizer no rosto, somente não me responsabilizo pelo que te suceder.
    Agora, antes de xingar alguém procure ler a história e se alguém tem algo a reclamar somos nós que fomos vítimas da intrujice judaica ao criar a mentira cristã para fazer com que nós europeus acreditássemos no seu deus tribal, o deus do mal, o senhor dos exercitos.
    Outro povo que tem a reclamar de voces, sefarditas, é o arabe que os protegeu durante setecentos anos na peninsula ibérica contra os outros povos da região, e voces não tem nenhum respeito por eles.
    Voce tem razão quando fala dos ashkenazis, tanto que sefarditas estiveram no Irã dando apoio aos presidente daquele país na questão da negação do holocausto e seu numero fantasioso.
    Quer ficar revoltado fique com a atuação de seu povo e não com os outros.
     
    Anônimo
    Número de postagens: 103

    Fantástico, hahaha! Então indago a seguinte pergunta: ”O que fazer diante disso tudo”?

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 163 do total)
Responder a: Judeus asquenazes se consideram brancos, e fazem parte da conspiração supremacista branca.
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...