home Fóruns A PESTE NEGRA está de volta e já matou dezenas de pessoas

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)
  • Autor
    Posts
  • Loki
    Número de postagens: 18515

    Um surto de peste negra –também conhecida como pespe bubônica — matou dezenas em Madagascar, e especialistas temem que esses números possam subir. Pelo menos 119 casos foram confirmados até o final do ano passado, incluindo 40 mortes, informou a Organização Mundial de Saúde (OMS) em um comunicado. E a doença está tomando um rumo alarmante.

    “O surto de peste negra que começou em novembro passado tem algumas dimensões preocupantes”, afirma a OMS. “As pulgas que transmitem esta doença antiga de ratos para os seres humanos desenvolveram resistência ao inseticida de combate mais comum”.

    A doença tem se espalhando especialmente em favelas densamente povoadas na capital Antananarivo. De acordo com informações de Christophe Rogier, do Instituto Pasteur de Madagascar, divulgadas no final do ano passado, casos foram confirmados em pelo menos 20 distritos além da capital. Rogier é parte de uma equipe que trabalha com a OMS no local para combater a doença.

    A peste bubônica é causada pela Yersinia pestis, uma bactéria encontrada em roedores e transmitida por pulgas. Recentes inundações no país desalojaram dezenas de milhares de pessoas e “um número incontável de ratos”, disse Margaret Chan, diretora-geral da OMS. Segundo ela, o temor é que a situação ambiental colabore para a proliferação da doença.

    Como é transmitida?

    Uma vez que uma pulga infectada morde seres humanos, eles podem desenvolver a peste bubônica, que é marcada por inchaço dos gânglios linfáticos. Se as bactérias atingem os pulmões, pode-se desenvolver a peste pneumônica. Esta variação é rara, mas mais perigosa do que a peste bubônica, porque pode ser transmitida entre humanos através da inalação e tosse.

    “Se diagnosticada precocemente, a peste bubônica pode ser tratada com sucesso com antibióticos. A pneumônica, por outro lado, é uma das doenças infecciosas mais mortais; doentes podem morrer 24 horas após a infecção”, explica a OMS.
    Segundo a organização internacional, pelo menos 8% dos casos avançam para a peste pneumônica. Não está claro, contudo, qual percentagem dos casos atuais compreendem a peste mais letal.

    No passado, epidemias da doença ocorreram na Europa, Estados Unidos, África, Ásia e América do Sul.

    A praga era conhecido como o “Peste Negra” na Europa do século XIV, e causou a morte de 50 milhões de pessoas.

    Loki
    Número de postagens: 18515
    CDC retoma a monitoramento da peste bubônica nos casos com óbitos

    ESTA doença matou milhões e derrubou civilizações. Agora, a peste bubônica gera novo alerta – desta vez em os EUA. Doze pessoas foram recentemente contaminadas com a doença. Quatro estão mortas.

    O surto está sendo relatado no Arizona, Califórnia, Colorado, Geórgia, Novo México e Oregon.

    Normalmente, os Estados Unidos registra apenas sete casos anuais relacionadas com as bactérias notórias transmitidas por pulgas conhecidas como Yersinia pestis. Desde 1 de Abril deste ano, houve 12. Como de fim de semana, quatro delas morreram.

    Um deles era uma criança de 16 anos de idade.

    É uma preocupação que tem os Centros de Controle de Doenças (CDC) – mas ainda não fazem alarde.

    Afinal, a praga tem uma reputação horrível.

    Uma ilustração medieval mostrando os pacientes com gânglios inchados característica da peste bubônica

    Não é nada agradável: Trata-se de vômitos, febre alta e dor abdominal. Depois, há bolhas do tamanho de ovos – chamados de “ínguas” – que crescem nas axilas e virilha.

    Em seguida, as chances são muito grandes de você morrer.

    Em um determinado ano, cerca de 3000 casos são relatados em todo o mundo.

    O primeiro grande surto registrado foi em o 6º o século 8 dC. Estima-se 50 milhões de pessoas morreram.

    A segunda foi no século 14. Apelidado de “Peste Negra”, matou cerca de metade da população europeia – 75 milhões de pessoas.

    A terceira foi no século 19 na China e da Índia, matando mais de 12 milhões.


    Se não for tratada, até 93% das pessoas infectadas morrerão. É uma proporção que faz o ebola parecer fichinha. Mas o tratamento oportuno com antibióticos modernos pode reduzir a taxa de mortalidade para cerca de 16%.

    Então, porque é uma doença associada com uma bactéria transportadas por pulgas em ratos e camundongos produzem essa taxa surpreendentemente alta de morte em uma nação de primeiro mundo como os Estados Unidos?

    O CDC não sabe.

    O que se sabe é que, desde o ressurgimento na década de 1980, o número de infecções tem tido uma tendência de queda. Certamente, ele não está nem perto dos 190 casos registrados em 1907.

    Mas eles já emitiu um alerta aos médicos para manter um olho atento para os pacientes com febre e inchaço dos gânglios linfáticos.


    Loki
    Número de postagens: 18515

    40 mortes?

    ai que medinha!

    me avisa quando chegar em 40 milhões de mortes!

    afinal, o planeta tem 7 bilhões (7 mil milhões) de pessoas

    a Peste Negra só matou tanta gente na Idade Média porque naquela época a Europa era um buraco fétido onde 90% da população era analfabeta, e ninguém tinha noções de higiene, e os ratos se proliferavam

    ana
    Número de postagens: 2336

    :aplauso2: :bye: :bye: :fuck: :fuck: :fuck: :fuck: :fuck: :confused: :fuck: :good: :good: :good: :good: :bye: :yes: :yes: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :caveira: :caveira: :devil: :devil: :devil: :omfg: :omfg: :omfg: :omfg: :omfg: :omfg: :omfg: :caveira: :caveira: :caveira: :caveira: :caveira: :caveira:

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)
Responder a: A PESTE NEGRA está de volta e já matou dezenas de pessoas
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...