home Fóruns Geral 3ª Guerra Mundial – UPDATES

Visualizando 15 posts - 241 até 255 (de 282 do total)
  • Autor
    Posts
  • AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Ucrânia acusa Rússia de ter “declarado guerra” e pede que Putin retire tropas

    A Ucrânia anunciou a convocação de seus reservistas após a ameaça russa de intervenção militar na Crimeia; país se “encontra à beira do desastre”

    Soldados ucranianos protegem entrada de base da infantaria enquanto tropas russas chegam na região

    A Ucrânia se “encontra à beira do desastre”, após a “declaração de guerra” feita pela Rússia, declarou neste domingo o primeiro-ministro Arsenii Iatseniuk. “É o alerta vermelho. Não é uma ameaça, é, na verdade, uma declaração de guerra ao meu país”, disse.

    “Nós pedimos para que o presidente Putin retire suas forças armadas e cumpra suas obrigações internacionais, assim como os acordos bilaterais e multilaterais entre a Rússia e a Ucrânia”, acrescentou.

    “Se o presidente russo quer ser o presidente que iniciou uma guerra entre dois países vizinhos e amigos, entre a Ucrânia e a Rússia, ele está perto de alcançar este objetivo. Estamos à beira do desastre”, disse Iatseniuk, falando em inglês durante um pronunciamento para a imprensa no Parlamento.

    “A Rússia não tinha qualquer razão para invadir a Ucrânia e nós acreditamos que nossos parceiros, assim como toda a comunidade internacional, apoiarão a manutenção da integralidade do território ucraniano, e farão o possível para impedir este conflito militar provocado pela Rússia”, afirmou.

    A Ucrânia anunciou neste domingo a convocação de seus reservistas após a ameaça russa de intervenção militar em seu território.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Kerry viajará a Kiev para expressar apoio dos EUA à Ucrânia
    O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, viajará a Kiev na terça-feira (4) para expressar o apoio dos Estados Unidos às autoridades ucranias em relação à intervenção militar russa na Crimeia, anunciou o Departamento de Estado neste domingo (2).
    Em entrevista a emissoras de TV norte-americanas, Kerry afirmou durante a tarde que a Rússia poderá perder seu lugar na mesa das grandes potências, o G8, se continuar com sua “invasão da Crimeia”, península do sul da Ucrânia. Ele afirmou ainda que Moscou corre o risco de “isolamento econômico” e de sofrer “sanções internacionais” se não retirar suas tropas da Crimeia.
    O presidente russo, Vladimir Putin, “poderá não ter seu lugar na reunião de cúpula do G8, em Sochi. Poderá, inclusive, não continuar no G8 se esta situação prosseguir”, ameaçou o responsável pela diplomacia americana, em entrevista à rede NBC.
    “Há um preço alto a pagar. Os Estados Unidos estão unidos, a Rússia está isolada. Esta não é uma posição de força”, advertiu Kerry no programa Meet the Press, da rede NBC.
    França e Grã-Bretanha anunciaram  a suspensão de sua participação nas reuniões preparatórias da cúpula de Sochi, prevista para junho. A Casa Branca indicou ontem que os Estados Unidos contemplam fazer o mesmo.
    Neste sábado à noite, Kerry outra uma advertência séria a Moscou, em um comunicado em que criticava “a invasão e ocupação” da Ucrânia pela Rússia, que colocam em risco “a paz e segurança” na região.”No século XXI, não se pode ter um comportamento do século XIX e invadir outro país”, queixou-se o secretário de Estado.
    Apesar de costumar buscar compromissos com Moscou, Kerry mostrou-se neste domingo particularmente duro: “O G8 e alguns outros estão dispostos a ir até o fim para isolar a Rússia por causa desta invasão. Estão dispostos a aprovar sanções, a isolar economicamente a Rússia.”
    A Ucrânia convocou neste domingo seus reservistas, após a ameaça da Rússia de intervir militarmente em seu território, enquanto os países ocidentais estudavam alternativas para conseguir a retirada das tropas russas da Crimeia. A Rússia já conseguiu aval do Parlamento para uma ação na Ucrânia.
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    BOMBA!!!!

    A Venezuela está movimentando mísseis pelo país..
    Fotos
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    É o fim.. ou um novo começo para os que ficam. Que Deus nos proteja, em nome de Jesus, amém!

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Seria assim?

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Coreia do Norte lança dois mísseis de curto alcance

    A Coreia do Norte lançou dois mísseis de curto alcance no mar nesta segunda-feira, num momento em que Coreia do Sul e Estados Unidos realizam exercícios militares conjuntos, de acordo com autoridades sul-coreanas. Na quinta-feira, a Coreia do Norte havia lançado quatro mísseis no mar. O país diz que os exercícios entre EUA e Coreia do Sul são uma preparação para um ataque e vem testando seus armamentos. Os mísseis desta segunda-feira foram lançados da costa leste e percorreram uma distância de aproximadamente 500 quilômetros antes de cair em alto-mar, disse o porta-voz do Ministério de Defesa da Coreia do Sul, Kim Min-seok.

    Testes de mísseis de curto alcance pela Coreia do Norte são rotineiros e, segundo analistas, não deveriam aumentar as tensões na região. Recentemente, o país vem tentando melhorar as relações com a Coreia do Sul e tomando iniciativas conciliatórias, como o encontro entre as famílias separadas pela Guerra da Coreia, no mês passado.

    Kim disse que os mísseis foram lançados sem aviso prévio. Segundo ele, o ato foi uma provocação com sérios riscos para a aviação internacional, a navegação marítima e a segurança civil. “A Coreia do Norte está fazendo um jogo duplo, buscando a paz ostensivamente mas, depois, realizando atos imprudentes de provocação”, disse.

    Chang Yong Seok, do Instituto de Estudos para Paz e Unificação da Universidade Nacional de Seul, disse que os lançamentos parecem ter sido parte de um treinamento militar norte-coreano em resposta aos exercícios entre EUA e Coreia do Sul. Para ele, as tensões poderiam aumentar caso os mísseis fossem de longo alcance, capazes de atingir o Japão ou o território norte-americano de Guam.

    Analistas dizem que as recentes demonstrações de boa-vontade da Coreia do Norte são uma tentativa do país de atrair investimento estrangeiro e ajuda para recuperar a economia. Fonte: Associated Press. 

    AvatarAnônimo
    Número de postagens: 689
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Enviado à Crimeia é detido, afirma Ucrânia; ONU diz que houve ameaça

    Tropas militares, supostamente russas, estão na Crimeia, região da Ucrânia. Foto: Alexey Kravtsov/AFP Photo

    O enviado especial da ONU na Crimeia, Robert Serry, foi detido por homens armados não identificados em Sinferopol, a capital da Crimeia, declarou à AFP um porta-voz do ministério das Relações Exteriores da Ucrânia nesta quarta-feira (5). A ONU, entretanto, negou que ele tenha sido detido, afirmando que Serry chegou a ser ameaçado, mas passa bem.

    Serry foi enviado à região – controlada de fato com comandos armados pró-russos – para fazer um balanço da situação, declarou o subsecretário geral da ONU, Jan Eliasson, a jornalistas em Kiev nesta quarta.
    Segundo o secretário-geral adjunto das Nações Unidas, Jan Eliasson, entretanto, Serry “não foi sequestrado, mas foi seriamente ameaçado”. Ele acrescentou que a ação deve ser “seriamente condenada”, informou a Reuters.
    De acordo com Eliasson, um grupo de homens não identificados, alguns armados, cercou Serry e disse que ele deveria deixar a Crimeia. Eles impediram que ele entrasse em seu carro, forçando-o a deixar o local a pé.
    Um repórter da TV britânica ITN que acompanhava Serry, entretanto, afirmou no Twitter estar com o enviado da ONU em um café e relatou que integrantes de uma milícia local bloqueavam o local. “Ele se recusou a ir com os homens, saiu e foi andando até o café. Ele pediu que a equipe da ITV News permanecesse com ele”, afirmou James Mates.
    Ainda de acordo com o repórter, após ser cercado o enviado concordou em abandonar a missão e seguir direto do aeroporto. Ele conseguiu deixar o café após auxílio da polícia, que teve que abrir caminho entre os manifestantes.

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515
    Kiev prepara abrigos antiaéreos
    Em face da situação tensa e agitada no Leste do país, as autoridades de Kiev estão tomando medidas de proteção civil e manutenção da ordem pública na capital, incluindo a preparação de refúgios e abrigos antibombas.
    O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara Municipal, Vladimir Bondarenko.
    O responsável acrescentou que as medidas citadas “estão sendo implementadas na sua totalidade”. Segundo as estatísticas disponíveis, Kiev conta com 526 abrigos desse tipo.
    Fonte:
    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Very interesting subject , appreciate it for posting . All human beings should try to learn before they die what they are running from, and to, and why. by James Thurber. ecdaddcdebccbgfd

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Very interesting subject , appreciate it for posting . All human beings should try to learn before they die what they are running from, and to, and why. by James Thurber. ecdaddcdebccbgfd

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Tensão com a Rússia leva tropas dos EUA à Lituânia

    Grupo de 150 paraquedistas americanos desembarca no país báltico para tentar tranquilizar aliados europeus

    Os Estados Unidos posicionaram 150 soldados paraquedistas na Lituânia neste sábado, como parte dos esforços de Washington para assegurar aos aliados da Europa Oriental, preocupados com os acontecimentos na Ucrânia, que a Otan vai oferecer proteção se eles enfrentarem uma agressão russa.

    Um grupo de 600 soldados norte-americanos será enviado para a Polônia e os países bálticos da Estônia, Letônia e Lituânia para exercícios de infantaria. Eles devem permanecer na região em sistema de rodízio até o fim do ano.

    Leia também:
    Otan divulga imagens de movimentação militar russa na fronteira com a Ucrânia
    Artigo: Contra a desintegração da Ucrânia, Ocidente deve ouvir e falar com a Rússia

    “Na hora que as ameaças surgem vemos quem são nossos reais amigos”, disse a presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, quando cumprimentava os soldados na base aérea da cidade de Siauliai. “Os países bálticos e a Polônia estão na fronteira da Otan, portanto, mais medidas de segurança são necessárias e urgentes. Esse acréscimo de tropas americanas é muito oportuno e necessário.”

    Sem mencionar a Rússia, a presidente da Lituânia afirmou que a presença de tropas americanas vai “repelir aqueles que ameaçam a estabilidade na Europa e a paz na região”, já que uma invasão à Lituânia envolveria os norte-americanos.

    Além dos paraquedistas dos Estados Unidos, a Otan disse que vai triplicar o seu número habitual de caças patrulhando o Báltico no mês que vem para melhorar suas defesas na Europa Oriental.

    (Com Agência Reuters)


    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/pentagono-cacas-russos-invadiram-espaco-aereo-da-ucrania

    Pentágono: caças russos violaram espaço aéreo ucraniano

    Sobrevoos ocorreram em meio a escalada de tensões na região fronteiriça

    Foto 1 / 6

    AMPLIAR FOTOS

    Exército ucraniano faz operação em Izium, no leste do país

    Exército ucraniano faz operação em Izium, no leste do país – Dmitry Madorsky/Reuters

    Oficiais do Pentágono afirmaram nesta sexta-feira que aviões militares russos invadiram o espaço aéreo da Ucrânia em diversas ocasiões nas últimas 24 horas. As investidas, de acordo com os americanos, podem ter tido como propósito testar os sistemas de radar ucranianos ou simplesmente fazer uma demonstração de força, destacou a agência Associated Press.

    O porta-voz do Pentágono, coronel Steve Warren, pediu para que a Rússia reduza as tensões na fronteira. Ele afirmou que o secretário de Defesa americano, Chuck Hagel, tentou conversar por telefone sobre a crise com o secretário de Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, mas Moscou ainda não respondeu à solicitação. Hagel descreveu a movimentação russa ao longo da fronteira como “perigosamente desestabilizadora” e “altamente provocativa”.

    Leia também
    Putin: Ucrânia pratica ‘crime’ contra rebeldes e terá resposta​
    Ucrânia informa a morte de  ‘cinco terroristas’ em Slaviansk
     
    Google Maps adapta a crise da Ucrânia ao gosto do freguês
    Otan divulga imagens de movimentação militar russa na fronteira com a Ucrânia

    O Pentágono também confirmou relatos russos de que o principal oficial militar dos EUA, o general Martin Dempsey, conversou na quinta-feira por telefone com o general russo Valery Gerasimov, chefe do Estado-Maior, sem dar detalhes sobre a conversa.

    Segundo a agência de notícias russa Interfax, Gerasimov teria dito a Dempsey que a Ucrânia havia mobilizado um número substancial de forças perto da fronteira com a Rússia, incluindo tropas, cujo objetivo era fazer sabotagem.

    Rapto – Também nesta sexta-feira, em mais um capítulo da escalada da crise, um grupo de sete observadores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) foram sequestrados por separatistas pró-Rússia, que também detiveram cinco militares ucranianos e o motorista do ônibus que levava o grupo na cidade de Slovyansk, no leste. 

    Um integrante do grupo pró-Moscou na cidade disse a jornalistas que havia um “espião” ucraniano entre os observadores. Segundo o governo em Kiev, o grupo foi levado para o prédio da agência de segurança pública na cidade, que está ocupado por rebeldes. “Negociações estão em andamento para a liberação dos capturados”, informou o Ministério do Interior, em comunicado. 

    Mais cedo, o primeiro-ministro ucraniano, Arseni Yatseniuk, acusou a Rússia de querer iniciar um novo conflito mundial. “As tentativas de agressão do exército russo no território da Ucrânia provocarão um conflito no território da Europa. O mundo não esqueceu a II Guerra Mundial e a Rússia quer iniciar uma terceira”, disse.

    Artigo: Contra desintegração da Ucrânia, Ocidente deve ouvir e falar com a Rússia

    (Com agência Reuters)

    Entenda a atual situação dos conflitos nas cidades ao leste da Ucrânia:

    Russo como língua nativa

    • Menos de 10%
    • Até 50%
    • Mais de 50%
    • Russo já adotado como língua “regional”

    Cronologia dos protestos na Ucrânia

    1 de 30

    A recusa ucraniana – 29 de novembro

    O presidente ucraniano, Viktor Yanukovich (esq), ao lado do presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz

    A União Europeia (UE) não conseguiu convencer a Ucrânia a assinar um acordo selando sua aproximação com o Ocidente, em função da pressão de Moscou, o que constitui uma derrota para os europeus. No final da terceira cúpula da Parceria Oriental entre a UE e seis ex-repúblicas soviéticas – Ucrânia, Geórgia, Moldávia, Bielo-Rússia, Armênia e Azerbaijão – os resultados foram aquém do esperado. Somente Moldávia e Geórgia assinaram o acordo. O presidente ucraniano Viktor Yanukovich explicou que, antes de firmar um acordo, Kiev necessita “de um programa de ajuda financeira e econômica” da UE. “Não se pode, tal e como quer o presidente ucraniano, pedir que paguemos para que a Ucrânia entre nesta associação”, retrucou François Hollande, presidente da França. Saiba mais sobre por que UE e Rússia querem tanto a Ucrânia.

    História: Ucrânia, um país com um histórico de tragédias

    AvatarLoki
    Número de postagens: 18515

    Ajudem aki caras … Os malditos Russos estão invadindo o Brasil pelo nordeste, nossas tropas já estão segurando o litoral a 4 dias mas os desgraçados bombardearam o Piauí e.. ponra ponra D=

    AvatarAnônimo
    Número de postagens: 689

    Revivendo o tópico!

    Afinal enquanto a grande maioria discute se a culpa é da CBF, do Neymar, da Dilma, do Galvão, do escambau, passamos por diversos apuros aqui no Brasil e infelizmente mais um momento tenso entre Israel e Palestina…

    Israel intensifica ataques contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza

    Em dois dias, forças israelenses atingem 560 alvos e matam entre 35 e 41 palestinos. Militantes lançaram 160 foguetes

    Israel intensificou sua ofensiva contra a Faixa de Gaza controlada pelo Hamas nesta quarta-feira, atingindo vários alvos e deixando ao menos 14 mortos enquanto os líderes israelenses indicavam a possibilidade de uma invasão terrestre de semanas de duração.

    Sistema de defesa do Domo de Ferro lança projétil para interceptar um foguete da Faixa de Gaza em Tel Aviv, Israel

    O Exército afirmou ter atingido cerca de 200 alvos do Hamas no segundo dia de sua ofensiva, que diz ser necessária para pôr fim aos incessantes ataques de foguete de Gaza ao território israelense. Os militantes, entretanto, continuaram lançando foguetes dentro de Israel, que mobilizou milhares de forças ao longo da fronteira de Gaza antes de uma possível operação terrestre.

    Desde que a ofensiva começou na terça, Israel atacou ao menos 560 alvos em Gaza, deixando ao menos 41 mortos, disse o Exército. Militantes lançaram mais de 160 foguetes contra Israel.

    O funcionário de saúde de Gaza Ashraf al-Qidra afirmou que ao menos 14 palestinos foram mortos nos ataques aéreos desta quarta, incluindo dois militantes e uma idosa de 80 anos. No total, afirmou, 35 palestinos foram mortos.

    “O Exército está pronto para todas as possibilidades”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu depois de manter uma reunião com seu Gabinete de Segurança. “O Hamas pagará um preço alto por disparar em direção a cidadãos israelenses. A segurança dos cidadãos israelenses vem em primeiro. A operação se expandirá e continuará até que os lançamentos contra as nossas cidades pare e o silêncio retorne.”

Visualizando 15 posts - 241 até 255 (de 282 do total)
Responder a: 3ª Guerra Mundial – UPDATES
Sua informação:




:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
:fuck: 
:confused: 
:dorgas: 
mais...